Review – Livro “Escale Melhor e Com Mais Segurança” de Flávio e Cintia Daflon

Review – Livro “Escale Melhor e Com Mais Segurança” de Flávio e Cintia Daflon

ESCALE MELHOR E COM MAIS SEGURANÇA 4ª EDIÇÃO
Blog,

Review – Livro “Escale Melhor e Com Mais Segurança” de Flávio e Cintia Daflon

facebook

Confesso que o ensinamento mais valioso que adquiri na minha vida foi esse:

ESTAR SEMPRE ABERTO A NOVAS IDEIAS.

 

O segundo ensinamento é:

COLOCAR ELAS EM PRÁTICA.

(mesmo que o ego se incomode se as grandes ideias forem de outra pessoa…)

 

           A verticalidade é um assunto tão extenso, que seria impossível adotarmos procedimentos padronizados que se apliquem a serviços de resgate, trabalhos em altura, escalada ou acesso por cordas de forma padrão e igual para todos. Cada área tem as técnicas adequadas à sua realidade, padrão de equipamentos, nível de treinamento, exigindo preparação sistemática de quem ousa explorar cada terreno.

 

              Se você é profissional de salvamento certamente já teve contato com TÉCNICAS DE ESCALADA talvez um dia ou dois durante seu Curso de Salvamento em Altura. Você sabe que é pouco tempo para entender a importância desse nicho da verticalidade em nosso dia a dia e a influência que ele tem em serviços como podas de árvores, progressão em estruturas metálicas, deslocamento em terrenos acidentados, ou ainda, aquela hora que dá uma merda generalizada na ocorrência e você precisa fazer o RESULTADO ESPERADO acontecer, tendo que adaptar as técnicas e equipamentos à sua realidade; mas tudo bem… DESDE QUE VOCÊ SEMPRE TENHA UMA CARTA NA MANGA!

        

          A GRANDE SACADA: habilidade em aplicar combinações diferentes de técnicas diferentes com equipamentos diferentes! Isso garante que o profissional de salvamento resolva a ocorrência em um melhor tempo-resposta com chances máximas de acertos. O contrário também é verdade: se ele tem disponível somente um equipamento como opção, mas não possui experiência para usá-lo, ficará inseguro, aumentando sua tensão, influenciando de forma negativa sua capacidade para raciocínio e julgamento. Nós mamíferos somos assim – ficamos tensos e prontos para fuga em um terreno pouco conhecido, porém altamente eficazes e rápidos para ataque quanto temos EXPERIÊNCIA. Então, que busquemos sempre vivências novas e diversificadas, quebrando nossos próprios paradigmas, não é mesmo? Meus paradigmas de Csaltero* foram quebrados depois que li as duas versões de um livro fantástico –  “ESCALE MELHOR E COM MAIS SEGURANÇA do casal Flávio e Cíntia Daflon.

 

*CSALTERO: profissional que concluiu o Curso de Salvamento em Altura

 

           O casal conduz uma escola de escalada no Rio de Janeiro, a COMPANHIA DA ESCALADA, que já formou mais de 1800 alunos. Além desse livro, eles também produzem artigos técnicos, guias de escalada e mais uma cacetada de informações valiosas para quem gosta de explorar coisa nova.

 

 

CINTIA_FLAVIO_DAFLON

CINTIA E FLAVIO DAFLON

 

 

          Flavio Daflon começou a escalar aos 16 anos, em 1989, fundando a Companhia da Escalada em 1995. Em 1998 conheceu Cintia Aquino, que também escalava, se casando um ano depois. Em 2000, juntamente com um grupo de guias do Rio de Janeiro, fundam a AGUIPERJ – Associação de Guias, Instrutores e Profissionais de Escalada do Estado do Rio de Janeiro, sendo eleito Diretor Técnico. Em 2007, Flavio e Cintia Daflon, com base na apostila que era utilizada nos cursos da Companhia da Escalada, lançam o manual Escale Melhor e com Mais Segurança com 336 páginas. A obra foi adotada pela maioria dos cursos de escalada no Brasil, sendo fruto de um trabalho dedicado e com vasta experiência prática, resultado de temporadas e mais temporadas escalando na Europa, Estados Unidos, México, Tailândia, Patagônia Argentina e Chilena além dos principais picos em todos os estados do Brasil.  Atualmente a Companhia da Escalada é a maior e mais antiga escola de escalada em atividade no Rio de Janeiro.

 

             Adquiri a segunda edição devorando cada página e como de costume, preparei um review, comparando com a quarta edição.  Confesso que fiquei impressionado com cada detalhe atualizado e alterado – isso mesmo – em todos os capítulos o texto foi reestruturado para deixar o assunto complexo mais simples, informações foram incrementadas com mais detalhes e ilustrações receberam revisões ficando mais conservadoras, principalmente em relação a segurança. Isso fica muito claro nas figuras abaixo:

 

 

 

REVIEW_ESCALE_MELHOR_FIGURA_1

IMAGENS DA PRIMEIRA E QUARTA EDIÇÕES, RESPECTIVAMENTE

 

 

          Toda essa preocupação detalhada mostra o comprometimento que os autores tiveram com as informações e técnicas abordadas no livro. Parece que estavam numa onda de criatividade tão grande, que até o logotipo da Companhia da Escalada mudou – ficando com uma cara muito mais sugestiva e interessante.

 

         Apesar das figuras serem todas monocromáticas, mantiveram a clareza e didática, tornando a compreensão de cada procedimento muito simples. É evidente que, por mais “fodástico” que um livro ou manual seja, a execução de cada técnica com segurança e confiança depende do treinamento individual, persistência e dedicação. Mas convenhamos – ter à mão uma literatura de qualidade faz toda a diferença.

 

            É comum livros e manuais de técnicas verticais trazerem alguns temas meio que padrões nessas atividades, como nós, sistemas de ancoragem, fator de queda, etc., mas tiveram quatro capítulos que merecem, na minha opinião, um destaque maior: AUTORRESGATE, TREINAMENTO, NUTRIÇÃO e MEIO AMBIENTE E ÉTICA.

 

 

AUTORRESGATE

   

REVIEW_ESCALE_MELHOR_FIGURA_2

ILUSTRAÇÃO DO CAPÍTULO AUTORRESGATE

        

 

          Em condições normais, uma cordada é formada por dois escaladores, sendo o mais experiente o GUIA, e o outro o SEGUNDO. Ambos devem estar cientes que perigos OBJETIVOS – referente a natureza, como rochas soltas, mal tempo – e os SUBJETIVOS – referente a falha humana, como falta de equipamentos e desconhecimento da via – acompanham ambos até que desçam ao chão, portanto garantir que um ou outro tenham capacidade para acessar o companheiro machucado ou em dificuldades é algo necessário e deve ser treinado na prática, antes de se meter em qualquer via, ainda que pareça fácil. Neste capítulo temos dicas e passo a passo de manobras de escape e autorresgate utilizando tão somente a corda, cordeletes e um ATC ou freio oito… ou ainda as usuais combinações de Nó Dinâmico / UIAA / Meio Fiel com Nó de Mula, ancoragem debreável com Nó Mariner, etc…

 

 

         Dominar com clareza as técnicas utilizando materiais e recursos mínimos é algo de extrema importância para o profissional de SALVAMENTO. Você, que já teve a experiência de atender emergências sabe que um pequeno e inofensivo erro pode desencadear uma série de ações desequilibradas, que lá na frente resultam em falta de material, pessoal e recursos. É aí que seu suado treinamento tentando reproduzir os mais variados cenários garante uma margem de excelência no meio do caos. É nesse campo que grandes ideias surgem adaptando os procedimentos à realidade, resultando no sucesso da ocorrência, ou seja, vítima aos cuidados médicos, equipe íntegra e equipamentos preservados.

 

 

 

TREINAMENTO

 

 

REVIEW_ESCALE_MELHOR_FIGURA_3

TREINAMENTO DE RESGATE DE ESCALADOR PÓS QUEDA

 

 

 

Pode ser considerado como TREINAMENTO qualquer prática, disciplina ou exercício realizado para melhorar as valências físicas necessárias para a prática esportiva, com o objetivo final de se melhorar o rendimento do próprio ato desportivo”

 

 

          A definição no parágrafo acima são palavras de DANIEL BONELLA F. GUIMARÃES, professor de Educação Física, pós-graduado em Anatomia e Biomecânica e acadêmico de Medicina, sendo o responsável por esse capítulo no livro. Para ele, o treinamento focado em escalada não é uma questão de exercícios físicos individuais utilizando aparelhos de musculação, mas sim escalar, escalar e escalar treinando movimentos, experimentando estilos, dividindo a cordada com parceiros diferentes, vigiando a alimentação, sem esquecer dos alongamentos e descansos para ganhar flexibilidade. A DISCIPLINA de se praticar regularmente resulta não só no aumento da capacidade de encadear vias mais técnicas, mas também na visualização do melhor caminho em uma sequência de agarras, AUTOCONHECIMENTO para avaliar pontos fortes e fracos pessoais, aperfeiçoar a CONCENTRAÇÃO e MOTIVAÇÃO, estar apto a executar manobras de resgate… tudo isso certamente contribui positivamente para outras áreas da vida do praticante.

 

 

          Para uma escalada com chances mínimas de lesões, realizar AQUECIMENTO e ALONGAMENTO é essencial. O passo a passo descrito da página 280 à 282 traz um completo e eficaz treino, que abrange desde os dedos das mãos até a articulação dos tornozelos. Esse procedimento serve não só para a atividade de escalada, mas para qualquer atividade dentro do universo da verticalidade. Eu mesmo testei e desde então adotei como um procedimento padrão para os meus treinamentos. O resultado final é este: mais liberdade de movimentos, relaxamento das tensões e ampliação da concentração. Fodástico não é?!!!

 

 

NUTRIÇÃO

 

 

REVIEW_ESCALE_MELHOR_FIGURA_4

A ALTA PERFORMANCE EXIGE ALIMENTAÇÃO BALANCEADA E ADEQUADA ÀS NECESSIDADES PESSOAIS

 

 

         Pessoas comuns que buscam resultados extraordinários precisam entender a importância da alimentação. Basta você ler a biografia de qualquer líder, atleta ou pessoas normais que se sobressaíram absurdamente dentro de sua área de expertise… TODOS se importavam em entender claramente o que é cada alimento e sua importância no organismo, na busca de qualidade de vida, maior concentração, capacidade criativa, etc… Neste capítulo, ROSELI GOMES DE ANDRADE, Nutricionista e escaladora, nos explica as relações que proteínas, gorduras e carboidratos têm com o Índice Glicêmico e seu resultado final pensando em um melhor rendimento sem excessos. Ela ressalta que a hidratação correta também exige um uso estratégico de líquidos – ou seja – dependendo do tipo de treino, beber muita água pura pode não ser a melhor opção, se comparado a ingestão de bebidas esportivas, mas o ideal é sempre seguir planejamentos indicados por um profissional de nutrição. Se sua ideia é realizar treinamentos curtos de poucas horas, a boa água é mais que suficiente e proporcionará o rendimento ideal, se for reposta no mesmo ritmo que é perdida através do suor e outras formas.

 

 

 

MEIO AMBIENTE E ÉTICA

 

 

REVIEW_ESCALE_MELHOR_FIGURA_4

DEIXE SOMENTE PEGADAS, TIRE SOMENTE FOTOS, LEVE SOMENTE LEMBRANÇAS

        

          São dezessete dicas fundamentais pra você não bancar um idiota-otário-egocêntrico-cuzão quando estiver realizando atividades na natureza. Respeitar as trilhas, plantas, insetos, animais, moradores locais, companheiros de escalada e focar de forma sistemática em NÃO DEIXAR QUALQUER TIPO DE RASTRO farão de você uma pessoa iluminada, humilde, segura, que certamente absorverá toda a energia fantástica que esse maravilhoso ambiente tem a oferecer. Você entrará em um estado de GRATIDÃO tão grande, que fará novas e grandes amizades e influenciará o meio por onde passar com alegria, empreendedorismo, foco, estratégia e liderança – a verdadeira e essencial liderança – LIDERANDO A SI MESMO.

 

 

 

PENTE-FINO – ESCALE MELHOR E COM MAIS SEGURANÇA 4ª EDIÇÃO

 

 

REVIEW_ESCALE_MELHOR_FIGURA_5

PENTE-FINO “ESCALE MELHOR E COM MAIS SEGURANÇA” 4ª EDIÇÃO

 

 

 

RESUMO DA OBRA 

 

          Se você é profissional de resgate e salvamento, já está acostumado aos padrões da chamada “Escola Americana” onde predomina equipamentos de uso geral, norma NFPA em peso – o sistema bruto – como dizem alguns. Outras áreas no universo da verticalidade também executam resgates complexos com excelência e técnica, porém fazendo uso de procedimentos mais simples, que usam equipos mais leves e em menor quantidade. É evidente que o “cada um no seu quadrado” se aplica aqui, mas pense comigo:

 

A PRÁTICA DE TÉCNICAS ALTERNATIVAS, COM EQUIPAMENTOS DIVERSOS AUMENTA O NÍVEL DE EXCELÊNCIA DO SEU RESGATE!

SE MANTENHA SEMPRE ABERTO A NOVAS IDEIAS!

 

 

 

Para adquirir seu exemplar acesse o link da loja virtual:

 

https://www.companhiadaescalada.com.br/pt/livros-de-montanhismo-escalada/

 

 

 

#FORÇAEHONRA

facebook

Review – Livro “Escale Melhor e Com Mais Segurança” de Flávio e Cintia Daflon

Geison Matochi

Geison Matochi é profissional de salvamento, colunista do blog “Salvamento Brasil” e do canal “Geison Matochi” no Youtube, onde publica conteúdos técnicos para profissionais de resgate e salvamento, e vez ou outra alguma piadinha fútil. contatos: whatts +55 (15) 99143-0679 / gmatochi@gmail.com

Deixe um Comentário